Metade de nós

Metade de nós
Desistiu de tentar
Por pingos nos “is”

Metade de nós
Decidiu sacudir a poeira
Do amor morto e fugiu

Metade de nós
Imolou o cordeiro
Chamado perdão

Metade de nós
quis voar pra longe
e dar asas a outro coração

Meio na culpa
Inteiro na dor
De desatar o nós

Incendiar nossa Roma
E atracar em outro cais, no mais
Quero a paz de um novo amor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s