Sobre o fim

Não mais escutei meu grito
Sim, era mesmo meu
Um brado mudo, embora aflito
Caiu de minha boca e se perdeu

O silêncio ecoou natimorto
Passeando pelo vácuo sideral
Meu barco já vagava sem porto
Provei da pena capital

Eu sucumbi ao acontecido
Veloz como um clarão
Eu já me dei por vencido
Foi bala perdida, AVC ou coração?

Ela me tirou pra dançar
Aquela valsa das despedidas
Se quiser me homenagear
Leve-me flores, menos margaridas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s