Atroz Amor

Atroz amor
Atrás da dor
Veio morar
Ela rimou outros rumos
Voou outros ventos
Foi-se a minha paz

O ficar só
Querer demais
Você aqui
Veloz amor
Mutile a dor
E a traga pra mim

Nas garras desse amor
Vou me destruindo assim

Tô pedindo a Deus
Que eu tenha compaixão de mim

Cruel virtude
Amargo sabor
Cor nefasta
Do fim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s