Avião, Minas, Galo e Cruzeiro.

images

 

 

 

 

 

 

 

Do avião, o mar é de montanhas
Não há Cristo de pedra que nos redima
Não há pedra em formato de pão

Do avião, veios rasgados por suas estradas
Rios vazam de suas entranhas
Suas vestes, nem mais tão verdes, nos salvarão

Do avião, manto preto, branco e azul
Dois povos bárbaros do planeta bola
São súditos rivais na mesma nação

Do avião, a liberdade é vista do alto
Sonho antigo e irreal de fato
É Minas meu ouro, minha paixão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s