Amando a mando de quem?

dedos

Ela está amando
Mas quer saber a mando de quem
Para poder matá-lo

Não era o momento
Tanta coisa pra fazer
E agora essa perda inoportuna de tempo

Esse vento que sopra sem parar
Inflando suas velas de paixão e pieguice
E a levando pra longe

Do seu autocontrole
Da sua pressa
Da sua decisão

No fundo ela gostava mesmo
Era de ficar buscando
O que não se pode encontrar

Mas achou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s