Furuvudé – 15 anos

Debutamos bem no meio de um monte de para casa que nunca termina
das estudadas horríveis para as provas que viraram notas ótimas no final das contas, perguntas e afins.
da dificuldade em acordar o zero dois para ir pra aula
da rabugice tradicional de quem tem 13
da maluquice pouco usual de quem tem 8
do fogo no rabo sem limite de quem tem 4

Debutamos bem no meio da correria pra chegar às 06:55 na rotatória do colégio, quase sempre sem sucesso
da torcida nos jogos de basquete do sub 12 e sub 14, no Bora Batista e no Bora Mackenzie!
da certeza que um certo caçula tem de que é o centro do universo
das brigas de um com outro, outro com uns, uns e outros e nenhum de nós
dos trabalhos de escola que precisam de dias paralelos para serem finalizados
do eterno isso é meu, não é, isso é meu, não é, isso é meu, não é… (e bota reticências nisso)

Debutamos bem no meio das playlists, algumas vezes, não muito adequadas aos nossos ouvidos nada adolescentes
da casa sempre organizada e pronta para receber quem quer que seja, em qualquer horário. (Sonhem, Cremilda e Juvenal!)
das idas do zero três a casa da vovó Beth pra aliviar as tensões entre os consanguíneos
dos pedidos para assistir os jogos da NBA com promessas de acordar rapidão no dia seguinte, nunca cumpridas
das partidas de vídeo game que terminam quase sempre com o dito cujo em cima do guarda roupa
do compartilhamento da única TV da casa, sempre cordial e gentil, por parte dos interessados, feito petistas X bolsominions
do “sai desse celular e vai ler um livro ou estudar alguma coisa, zero um”!

Debutamos bem no meio da doce loucura que é ter 3 meninos
Falei de uns poucos infortúnios acima, mas tudo de bom e prazeroso que nos proporcionam é maior
Vale cada segundo tê-los conosco, apesar dos apesares! hahaha
É uma missão que parece ser impossível, e é mesmo, mas triunfaremos no final, para o alto e avante!
E vamo que vamo porque te amo nesses 15 anos desde os primeiros 15 minutos que te vi. Adoro ser piegas de vez em quando.
Dança uma valsa comigo?

Jério e Naymme – 30/10/2019
15 anos de nosso Furuvudé!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s